Nota de Repúdio - Covardia da PM em Manaus

                          

NOTA DE REPÚDIO

COVARDIA!

PM´S TORTURAM E ATIRAM EM JOVEM EM MANAUS 

Manaus, 25 de março de 2011.

A Pastoral da Juventude do Meio Popular – PJMP repudia a tentativa de homicídio cometida pela Força Tática da Polícia Militar de Manaus contra o jovem no bairro do Mutirão. Fato ocorrido no dia 17 de agosto de 2010.

Há tempos que a sociedade Manauara e de todo o Brasil sofre por causa da VIOLÊNCIA. No último dia 21 de março a imprensa divulgou nos noticiários uma cena que os amazonenses costumam presenciar todos os dias. A matéria divulgada pelo Jornal A Crítica: “mostram imagens de policiais militares da Força Tática, humilhando, agredindo e atirando contra um adolescente de apenas 14 anos no bairro do Mutirão.”

A covardia desses policiais apresenta o total despreparo da polícia militar. Atitudes desumanas, cruéis, terroristas e anti-social como aquela, mostram a falta de capacitação e o desrespeito com a população.

O fato seria mais uma ação da PM, no qual alegou em B.O. legítima defesa e que o adolescente havia atirado na policia. Mas, uma gravação anônima desmentiu a versão dos agressores mostrando o que realmente aconteceu naquele dia. Policiais acuaram o adolescente contra o muro, agrediram, ameaçaram e atiraram a queima-roupa contra o menor, sem que este esboçasse algum tipo de reação, o qual foi atingido com três tiros.

Vale ressaltar que na época, as autoridades do estado (O Comando da Polícia Militar no Amazonas e a Secretaria de Segurança) souberam do ocorrido, porém mantiveram-se em sigilo, acobertando assim os PM’s agressores e somente 08 meses após o ocorrido, este fato brutal chegou ao conhecimento de toda a sociedade.

Com essas atitudes que presenciamos COMO IREMOS DIFERENCIAR QUEM É POLICIAL E QUEM É BANDIDO?

A Pastoral da Juventude do Meio Popular manifesta-se contra a Violência, a Repressão e o Extermínio da Juventude. Somos contra qualquer tipo de ação que extingue a vida, que inferiorize o ser humano, que humilhe, exclua e cause sofrimento. Somos a favor da VIDA, da transformação social, do Respeito mútuo, da Liberdade, da Justiça, da Igualdade e do Amor.

Precisamos construir uma Cultura de PAZ, Confiança, sem opressor e oprimido, rico e pobre, favorecido e desfavorecido, onde não haja Violência, nem a necessidade da ação repressora da polícia. Não aceitamos que nossos jovens e adolescentes sejam humilhados, presos ou sofram qualquer tipo de violência causada pela POLÍCIA, ESTADO ou SOCIEDADE. A JUVENTUDE necessita de OPORTUNIDADE, e de Políticas Públicas que atendam as suas necessidades. Para isso temos que pressionar os governantes a tratarem as pessoas com dignidade e respeito.

Devemos lembrar que a melhor punição que se dá a um jovem infrator é a oportunidade de torná-lo diferente, educá-lo, incluí-lo e amá-lo. Pois Jesus Cristo assim disse: “eu vim para que todos tenham vida e vida em abundância (...); eu não vim para os bons, e sim para os maus, pois os bons já são bons, mas os maus precisam se tornar bons, para que o reino dos céus aconteça aqui e agora."

 

VAMOS [email protected] LUTAR CONTRA A VIOLÊNCIA E O EXTERMÍNIO DE JOVENS!!!

 

PASTORAL DA JUVENTUDE DO MEIO POPULAR

PJMP

MANAUS/AMAZONAS