Doze anos de conquistas

DOZE ANOS DE CONQUISTAS*

Quem se lembra como era
Este país vai dizer
Que ele está muito melhor
Pra trabalhar e viver
Quem diz que não, é do contra
Não enxerga ou não quer ver

Quem não podia comer
Hoje vive assoviando
Muita gente de talento
Que agora está estudando
E quem pagava aluguel
Comprou casa ou tá comprando

Com diretriz e comando
Com estrela e transparência
Pregando a paz e a esperança
Combatendo a violência
Doze anos de conquista
Com o PT na presidência

Acabou a indecência
Do desemprego e da fome
Quem não trabalhava trabalha
Quem não comia hoje come
Tudo isto é Lula e é Dilma
Tudo isto tem um nome

O nosso povo consome
Boa parte da produção
Com alimento e vestuário
Com reforma e construção
Vai à praia e faz churrasco
E viaja de avião

A saúde e a educação
Começam a dá resultados
Ainda há muito a fazer
Ainda são poucos dados
Até o número de engenheiros
Superou o de advogados

Não vamos ficar calados
E vamos bem alto gritar
Se o pai do desemprego
E do atraso quiser voltar
Corte as asas do Bicudo
Pra ele não te bicar

E vamos juntos lutar
O governo e o povo também
Conservar o que já veio
Lutar pelo que já vem
O povo luta e conquista
E os anjos dizem amém!


* João Santiago. Teólogo, Poeta e Militante. Autor do Livro “Gamela de Pedra” entre outros. À venda com o autor. poesiaemilitancia@yahoo.com.br (41) 9865-7349 – TIM ou 8489-4530 - OI